Fazendo acontecer em 2015 – parte 2

Esse post é continuidade de ontem, quando comecei a contar sobre meu planejamento de 2015.
Defini os passos meu planejamento inspirada neste artigo do Mude.nu.
Ontem expliquei sobre o processo e dei algumas dicas do que preparar antes de começar.
Hoje explico o passo-a-passo:
1. Definir princípios
Explicado melhor no site do Mude.nu. Para definir meus princípios, eu usei como referência anotações de livros que eu havia lido, minhas próprias reflexões anotadas… tudo no Evernote.

2. Definir missão pessoal ou objetivos de vida

Há quem separe a missão pessoal dos objetivos de vida, pra mim é tudo junto e misturado mesmo. Separei os princípios da missão pessoal, porque entendo os princípios como os valores que te movem.  Já a missão pessoal é a visão do “quadro mais amplo”. Você pode começar a pensar nela com a pergunta: “Por que você existe?”. Se estivesse com 100 anos de idade e olhasse para trás, gostaria de ver o quê? Ter feito o quê? Ter sido o quê?

Foram muitas as referências que me ajudaram a escrever minha missão pessoal, mas o que me ajudou mesmo foi a leitura de dois livros, um cristão, chamado “Como fazer escolhas certas” (Elizabeth George) e o segundo capítulo de “Os sete hábitos das pessoas altamente eficazes” (Stephen Covey).

Mais uma vez, usei reflexões que fui anotando no Evernote, com a tag missão pessoal e algumas coisas em um arquivo do Google Drive.

3. Redefinir as visões de 3 a 5 anos

Eu já tinha minhas visões para esse período (na tag específica), por isso redefini, a partir do que tinha visto na minha missão pessoal. Fiquei feliz porque não foram muitas mudanças, já faz um tempo que estou andando no caminho certo! Se quiser uma ajuda: Projetar os próximos 3 a 5 anos (eu recomendo 5) garante que você tenha uma visão mais estratégica de sua vida, dando diretrizes claras do que você deve fazer para alcançar os objetivos de vida. As metas irão direcionar você, em última instância, nas escolhas que faz hoje. Escreva como você se vê daqui a 5 anos, em todas as áreas da sua vida.

4. Redefinir os objetivos de 1 a 2 anos

Novamente, eu redefini, porque já tinha muita coisa bem encaminhada nesse sentido (algumas na tag, outras espalhadas por aí, mas o bacana do Evernote é também que ele te dá notas relacionadas). Metas anuais costumam ser uma coisa que todo mundo faz. Não acho que preciso explicar muito, mas acho legal que conste que no Mude.nu o artigo orienta duas coisas principais: traçar as metas com objetividade e clareza (já ouviram falar no Smart?) e comprometer-se publicamente.

5. Revisar as áreas de responsabilidade

Aqui me deu um certo trabalho. Eu já dividia as áreas de responsabilidade, mas não havia descrito cada uma delas… eu acho que a descrição é importante até para ter mais clareza se aquilo faz ou não sentido para minha vida. Descrevi todas as minhas áreas de responsabilidade, vou dar um exemplo:

Área de foco: Finanças

Esta área abrange toda a minha vida financeira: gestão e construção de patrimônio, gastos do dia-a-dia, projetos de compras.

Preciso organizar essa área para focar menos nela no dia-a-dia.
PS: vou explicar melhor sobre isso na série, mas dando um googlada no tema, aparecem várias explicações também.
6. Revisar e criar novos projetos/desafios
Dêem uma olhada no artigo do Mude.nu, porque ele explica bem a diferença entre projeto e desafio. Basicamente: projeto te mantém seguindo a vida, o desafio move você de um lugar ao outro. Para alcançar nossos objetivos, precisamos tanto de um como do outro, mas muito bem definidos e encaminhados.
Fiz a lista dos projetos e desafios para o ano de 2015, a partir dos projetos que continuariam ou que eu já tinha identificado a necessidade anteriormente e propus novos. Já aproveitei e criei uma nota e uma tag para cada um no Evernote (os novos, no caso, que os antigos já tinham).
7. Definir novos hábitos, rituais e rotinas
No artigo do Mude.nu ele fala para substituir hábitos ruins, mas eu propus hábitos, rituais e rotinas, mesmo sabendo que na prática são quase a mesma coisa, porque esse ano um dos meus objetivos é implementar algumas rotinas/rituais na nossa mini-família de eu e meu marido…rs, como por exemplo comemorar o Dia de Ação de Graças, fazer uma decoração de Natal (esse ano eu fiz, no dia 25/12… antes tarde do que nunca! rs)…
Leia também o artigo do Mude.nu sobre os hábitos ou esse post que escrevi sobre o assunto.
Eu, na prática, vou transformar todo novo hábito em um projeto ou desafio para cumprir em determinado período até naturalizar no meu dia-a-dia.
8. Montar quadro geral do ano
Último passo, ufa! Esse é totalmente dispensável, mas eu sou uma pessoa muito visual… então achei legal colocar numa tabela (tabela e planilha é muito amor) meus projetos/desafios/hábitos deste ano em cada época que vou começar/executar.
Fiz uma tabela no Evernote mesmo, mas quero montar uma bonitinha pra imprimir e colocar no quadro do home office… se sair legal, posto aqui como update!
Bom gente, é isso… espero que ajude e sirva de inspiração para quem ainda não pensou em 2015!
Desejo para todos e todas um 2015 cheio de realizações!
Beijos,
Mari Marini
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s